Segunda, 08 Julho 2019 23:54

Criança de 7 anos é picada por escorpião em apartamento na Asa Norte, em Brasília

Menina calçava sapato quando foi atacada. Após seis horas em observação no Hran, ela recebeu alta médica.

Uma menina de 7 anos foi picada por um escorpião, nessa sexta-feira (5), em um apartamento na 716 Norte, em Brasília. O tio da criança, Corinto Miranda Júnior, contou que a sobrinha pressionou o animal ao colocar o sapato e acabou sendo atacada.

"Foi um susto quando soubemos da ferroada, mas o escorpião não chegou a injetar o veneno", disse o empresário.

A família imediatamente levou a menina ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Em nota, a Secretaria de Saúde informou que a paciente foi acolhida e ficou em observação por seis horas.

Segundo a pasta, ela não precisou receber o soro antiescorpiônico porque não apresentou sintomas. Após o período de observação, a criança recebeu alta médica.

Ao G1, Corinto afirmou que a sobrinha passa bem, apesar do susto.

Outro ataque

Em 29 de junho, um menino de 4 anos morreu após ter sido picado por um escorpião em Taguatinga. O garoto foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), onde recebeu medicação e ficou internado.

Apesar do socorro, Christian não resistiu. De acordo com os pais da criança, o veneno atacou o coração e o pulmão do menino.

Christian de Jesus, de 4 anos, morreu após picada de escorpião, em Taguatinga — Foto: Reproduçãohttps://g1.globo.com/df/distrito-Christian de Jesus, de 4 anos, morreu após picada de escorpião, em Taguatinga — Foto: Reprodução
 

Atendimentos

De janeiro a junho deste ano, 618 pacientes receberam atendimento após serem picados por escorpiões no Distrito Federal. Em todo ano de 2018 foram 1.286 ocorrências.

A Vigilância Ambiental (Dival) apontou que a maioria dos acidentes é causada pelo escorpião amarelo, espécie conhecida como Tityus serrulatus. A Secretaria de Saúde orienta que os moradores coloquem rodos duplos de borracha nas portas, telas nos ralos e janelas, além de controlar a presença de baratas – principal alimento do escorpião.

O que fazer em casos de picadas?

Segundo a secretaria, as vítimas devem procurar a emergência dos hospitais ou Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). O Centro de Informações Toxicológicas pode dar as primeiras orientações no caso de pessoas picadas. O telefone para contato é: 0800 644-6774.

O serviço de Vigilância Ambiental também pode ser acionado pelo número (61) 2017-1344 ou pelo Disque-Saúde 160.

Veja locais onde há soro contra a picada de escorpião no DF

  • Hospital Regional de Ceilândia
  • Hospital Regional de Brazlândia
  • Hospital Regional de Sobradinho
  • Hospital Regional da Asa Norte
  • Hospital Regional de Taguatinga
  • Hospital Regional de Santa Maria
  • Hospital Regional do Paranoá
  • Hospital Regional de Samambaia
  • Hospital Regional do Guará
  • Hospital Regional de Planaltina
  • Hospital Regional do Gama
  • Hospital Materno Infantil de Brasília

 

Fonte: https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/07/06/crianca-de-7-anos-e-picada-por-escorpiao-em-apartamento-na-asa-norte-em-brasilia.ghtml

Lido 3614 vezes
 

Programação para crianças é no site Agenda Infantil

Sou Marcelo Klotz, formado em Jornalismo e Direito, especialista em Governança de TI e webdesigner.

Pai de menina e de menino, criador do site Agenda Infantil.

Decidi criar o Agenda Infantil para auxiliar a vida de pais, mães, tios e avós dedicados, reunindo a programação infantil de Brasília, de forma fácil, consistente, rápida e organizada.